NOTÍCIA

Procon: juros do cheque atingem 11,67% ao mês, maior nível em quase 20 anos


06/08/2015

As taxas de juros do cheque especial (o "limite" extra da conta corrente no banco) subiram para uma média de 11,67% ao mês em agosto, segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (6) pelo Procon-SP.

Trata-se do maior patamar em quase 20 anos, desde novembro de 1995, quando a taxa de juros média ficou em 11,71%, e representa um aumento de 0,18 ponto percentual em relação ao índice de julho (11,49%).

A alta em julho foi puxada pelos reajustes na taxa de juros feitos por quatro dos sete bancos pesquisados. Esses números representam uma média, mas podem variar em casos específicos, sendo maiores ou menores conforme a relação do cliente com o banco:

o Santander subiu de 13,74% para 14,24% ao mês;
o Itaú passou de 11,29% para 11,63%;
o Bradesco aumentou de 11,26% para 11,30%;
a Caixa elevou de 9,99% para 10,35%;
Banco do Brasil (10,53% a.m.), HSBC (13,21%) e Safra (10,40%) mantiveram as mesmas taxas do mês passado.

Juros de empréstimo pessoal ficam estáveis
A taxa média do empréstimo pessoal se manteve no mesmo patamar de julho: 6,23% ao mês.

O valor é o maior desde dezembro de 2008, quando os juros médios cobrados para essa forma de crédito eram de 6,25% ao mês.